Os ReinosOs Reinos  InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Leonardodavinci
Cavaleiro
Cavaleiro
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 02/03/2017

MensagemAssunto: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Seg Mar 27, 2017 1:28 pm

APRESENTAÇÂO DO 11º CURSO INICIAL PARA DRAGÃO





ORDEM MILITAR DOS DRAGÕES DE PORTUGAL


ACADEMIA MILITAR

UNIDADE DE FORMAÇÃO

CURSO INICIAL PARA DRAGÃO (CID)







Candidatos:

Paulog9
Heriot
Vinicius.br
Abigayl









Bem-vindos à Academia Militar da Ordem.

Eu sou o Cavaleiro Leonardo e Reitor desta Academia Militar.

A formação inicial é sempre um desafio a nível físico e psicológico. Aqui, o outrora cidadão comum, habituado a realizar suas tarefas civis, se depara pela primeira vez com o conceito do poderio marcial. Devido a isso, este é uma etapa muito significativa para todos os que desejam intitular-se dragões. Ser-te-á pedido para trabalhar arduamente, aprender novas matérias e desenvolver novas capacidades.

A vida militar oferece uma nova forma de ver o mundo e não são todos capazes de se adaptar a ela. No entanto, esta experiência revelar-se-á gratificante. Os desafios enfrentados o farão fortalecer o teu espírito e o corpo, aprenderás o valor da camaradagem, fazendo novas amizades, algumas para a vida.

No Epitoma Rei Militaris o filósofo romano Publius Flavius Vegetius elucida o seguinte conceito:

Citação :

“Uma sensação de segurança nascida de um longo período de paz divergiu parte da humanidade para o prazer pessoal, parte para as carreiras civis. Por conta disso, o treinamento militar foi aos poucos desconsiderado, então omitido, até finalmente cair no esquecimento.”


Esta reflexão, feita a mil anos, ilustra com aparente perfeição a tendência de nossa época. Vegetius foi um ardente defensor do belicismo como forma de proteger a riqueza e a força do povo e esclareceu que sem isto, estaremos a mercê dos inimigos.

Citação :

“Porque não há nada mais estável, mais afortunado ou mais admirável que um Estado que possui um copioso suprimento de soldados bem treinados. Pois, desta forma, não será o fino tratamento, as reservas de ouro, prata e pedras preciosas que farão curvar o inimigo em respeito ou em nosso apoio; eles serão mantidos resignados apenas pelo medo de nossas armas.”


Absorva o espírito deste filósofo, através do qual deve obter o entendimento de que o poder militar é essencial para a defesa do povo e uma vez assumindo esta vida, você se torna a Espada que defende nossa cultura e estilo de vida.
Os cursos são iguais para os homens e para as mulheres. Uma vez incorporado, estarás sujeito à disciplina militar. A maior parte do treinamento lhe será passado dentro do Quartel recebendo formação teórica e prática. Ser-te-á ensinado, entre outros assuntos, como usar o uniforme corretamente, como manter o teu equipamento pessoal em boas condições, e como sobreviver sozinho no campo de batalha.


No final do Curso, todos os militares que o tiverem concluído com aproveitamento, serão colocados nas respetivas Unidades, para iniciar o treino em contexto de trabalho.

Na ORDEM MILITAR DOS DRAGÕES DE PORTUGAL. O treino é intenso e exigente. Após o término do Curso, os novos militares sentem-se realizados por terem ultrapassado todas as dificuldades e alcançados os seus objetivos.








As indicações que se seguem têm como objectivo elucidar-te sobre a nova etapa que irás enfrentar e preparar-te para o que irás encontrar quando chegares à Unidade de Formação.


- 11º/65 CID (11º Curso Inicial para Dragão de 1465) É o teu curso que agora começa e que tu dirás mais tarde orgulhosamente "Eu sou do 11º/65"

- Nos dias 29, 30 e 31 de Março e 01 e 02 de Abril OBRIGATORIAMENTE  tens de vir a esta sala de aulas E DEPOIS DA AULA marcar a tua presença, da seguinte maneira: “Fulano de tal Presente". Podes se quiseres, fazer pequeno RP de sala de aulas exemplo

inescastro escreveu:

Inês ao ouvir o seu nome diz sorrindo presente
Inês se senta no seu lugar e escuta com muita atenção tudo e retira algumas notas  

ou

Hiroshima escreveu:
Hiroshima chega um pouco atrasado à aula.. Devido à quantidade de trabalho... mas senta-se e escuta o que o cavaleiro tem para dizer, aprendendo dele.Depois pede à mana os apontamentos do princípio da aula...Assinando a folha antes de sair.


- Se não puderes vir um dia ou outro deverás justificar a tua falta junto do Encarregado da Instrução: o Cavaleiro Leonardo.

- Não espere que o conhecimento entre sozinho na tua cabeça, deves visitar a Biblioteca para estudar.
Revisa sempre a aula e lê mais de uma vez para teres certeza de que entendeu plenamente o assunto.



Ao fim do Curso será feito um Teste Final escrito com 12 perguntas sobre o que foi leccionado em cada aula

BOA SORTE[/center]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Leonardodavinci
Cavaleiro
Cavaleiro
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 02/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Qua Mar 29, 2017 11:57 am





ORDEM MILITAR DOS DRAGÕES DE PORTUGAL


ACADEMIA MILITAR

UNIDADE DE FORMAÇÃO

CURSO INICIAL PARA DRAGÃO (CID)






1ª aula dia 29 de Março de 1465


Candidatos:

Heriot;
Vinicius.br
Nicollielo
Paulog9
Abigayl










O TREINO E MANUTENÇÃO DAS ARMAS

Nesta Aula, trataremos dos seguintes assuntos:
- Treino físico
- Sobrevivência em campo aberto
- Manutenção dos equipamentos




O grande filósofo romano Publius Flavius Vegetius tem sido o maior e mais reconhecido autor acerca das artes da guerra em toda a Europa nos últimos mil anos. Em suas análises das legiões romanas em sua célebre obra Epitoma Rei Militari (conhecida também como De Re Militari), ele indica que a melhor forma de manter os soldados prontos para o combate é através do treino intenso e CONTÍNUO.

Por conta disso, para observar esses parâmetros e para garantir a proficiência máxima nos combates, é recomendado que todos os candidatos a Dragão desenvolva as habilidades necessárias para sua sobrevivência.



Habilidades físicas

Segundo Publius Vegetius, ao novo militar é requerido:

Aprender e exercitar a Marcha - Manter a marcha constante, mesmo após longas horas é uma habilidade muito importante a todo recruta. Isto se deve ao fato de que ao marchar corretamente, é possível manter a organização do exército, o que permite uma rápida mobilização em caso de que haja um encontro com o inimigo em campo aberto.

O exercício constante da Corrida – Esta habilidade permite que o soldado lance uma carga contra o inimigo com maior vigor, desenvolve sua resistência para se movimentar em campo de batalha, permite que recue com celeridade e que alcance o inimigo rapidamente em caso de perseguição. É recomendado que o soldado corra pelo menos dois quilômetros por dia carregando seu equipamento para que assim se mantenha ágil.

O exercício constante dos Saltos – Esta habilidade é requerida para que o soldado tenha capacidade de pular obstáculos, buracos e qualquer iminência embaraçosa que se apresente sem nenhum problema. Outra vantagem apontada por Vegetius é a capacidade de pular ao desferir um golpe ou arremessar um dardo, conseguindo assim aterrorizar o inimigo através do movimento ameaçador.

O exercício constante da Natação - Todos os soldados, sem exceção, devem o quanto antes buscar aprender esta habilidade, visto que nem sempre é possível atravessar rios em pontes. Os romanos cultivavam essa habilidade com muita diligência, de forma que até os serviçais tinham o hábito de nadar, para evitar qualquer acidente durante o cruzamento de um rio. Também era um hábito relaxante, para limpar o suor e espantar o cansaço das tropas. Outra questão é que, se há um exército em fuga e um em perseguição, o que tiver esta habilidade desenvolvida terá grande vantagem em relação ao inimigo.

O exercício diário com o Poste - Para esse tipo de treino, geralmente é utilizado um escudo revestido de tecido e salgueiro, assim como espadas de madeira que devem ser duas vezes mais pesadas do que as utilizadas em serviço. Deve ser realizado todas as manhãs e no final da tarde.

O militar deve treinar golpeando o poste rapidamente, na face, nos flancos, no tronco ou nas pernas. Deve aprender a recuar e avançar sem perder o equilíbrio e calculando corretamente a distância entre si e o inimigo. O objetivo do exercício não é desenvolver a força nos golpes, mas aprender a golpear sem abrir a guarda.

Não cortar, mas estocar com a espada - Esta habilidade contraria o senso comum da forma como se vê o combate. A realidade é que ao enfrentar uma armadura, é mais preciso estocar e perfurar do que cortar. As cotas de malha e armaduras de placas modernas, permitem que o corte da espada seja desviado. Uma estocada, por sua vez, pode atingir os espaços entre as juntas das armaduras ou até mesmo acertar com impacto suficiente para desequilibrar o inimigo. Para isso, o militar deve aprender a estocar e atingir com precisão o inimigo.

Capacidade de carregar peso – Além do peso dos equipamentos, o soldado deve aprender a carregar pesos de até 30 quilos(apenas nos braços) e marchar longas distâncias com ele. Este exercício é recomendado a todos os novos recrutas, que devem aprender a carregar suas provisões.

Cavar trincheiras – Os novos recrutas devem estar habituados em entrincheirar os acampamentos em caso de expedição militar, evitando assim que a cavalaria inimiga seja capaz de facilmente surpreender e atacar os homens no acampamento.



Sobrevivência em campo aberto

Em casos de escoltas ou da necessidade do deslocamento de um militar entre cidades, é necessário que este tenha domínio de habilidades de sobrevivência e manutenção de sua saúde. Muitos civis jamais saíram de suas cidade natal, o que por vezes, significa que exigirão escolta e terão pouco ou nenhum domínio.

Algumas habilidades básicas aos recrutas:

Montar um acampamento, fazer e estocar o fogo -  Felizmente, a distância entre as cidades em Portugal não supera dois ou três dias de viagem, mas ainda assim, durante as noites em campo aberto, é necessário que o militar saiba como montar um acampamento, de forma a se proteger do frio, animais ou criminosos. Uma das necessidades essenciais é aprender a fazer fogo e se o clima não for favorável, transferir a chama quando produzida, para uma lamparina reserva e manter ela acesa para que não haja necessidade de reiniciar o trabalho todos os dias.

Coletar água e evitar água ruim - A água é um dos recursos mais essenciais durante uma escolta ou mesmo durante uma expedição militar. O soldado deve aprender quais os mananciais bons para se coletar água pura e como evitar água ruim. Além de conhecer também, a localização dos recursos hídricos em um determinada rota, em caso de emergência com as provisões.

Cuidar das provisões - É necessário que o militar aprenda a sempre manter um olho fixo em suas provisões, não permitindo que elas se esgotem, sabendo como racioná-las, nem que sejam subtraídas, mantendo as em segurança e nem que estraguem, mantendo as protegidas da umidade e de animais rastejantes.



Manutenção do Equipamento

Cuidar de uma armadura ou de qualquer equipamento militar exige muita dedicação e zelo. Esta parte é essencial para que se esteja sempre preparado para o combate e não ser pego de surpresa ou cair em desvantagem por manter um equipamento mal cuidado.

Existem três tópicos a serem observados por todo o Dragão no cuidado de suas armas:

Prevenção - A forma predominante de evitar que o metal enferruge é revesti-lo de uma camada protetora de óleo, gordura ou cera, isto tende a evitar que a ferrugem se aloje nas armas. Com o uso, os óleos devem ser reaplicados cada vez que um novo arranhão ou deformidade aparecer na armadura para evitar que a ferrugem se estabeleça nesses pontos. Isso tende a evitar que os movimentos se limitem ou que a espada fique presa na bainha.

Tratamento - A melhor forma de evitar ferrugem nos equipamentos é esfregar vigorosamente com areia e vinagre. A cota de malha deve ser enrolada e mergulhada num barril dessa mistura, mas armaduras de placas precisam ser limpas a mão. A ferrugem deve ser tratada e prevenida todos os dias.

Responsabilidade pelo tratamento – é comum que os nobres ou cavaleiros possam dispor de pajens e escudeiros para o tratamento de seus equipamentos. No entanto, é obrigação de todos conhecer as técnicas de limpeza dessas armas. Os soldados são responsáveis pelos próprios equipamentos e não devem permitir que a falta de cuidado prejudique sua vida ou a de seus companheiros. Um soldado mal equipado, é mais propenso a fugir e causar desordem num batalhão.





(O foco dessa aula é mais conceder uma orientação RP das habilidades requeridas de um militar. Entender que grande parte da vida militar é baseada em treino e em sobrevivência. Acho que isso pode ajudar em algo além. Gostaria de ouvir um "feedback" de todos)





A aula acaba aqui. Marque sua presença abaixo e incorpore os treinamentos em sua rotina(RP).

Vejo vocês amanhã novamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Abigayl
Capitão
Capitão
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 24/03/2017
Idade : 33
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Qua Mar 29, 2017 12:13 pm

Presente Evil or Very Mad
Voltar ao Topo Ir em baixo
Heriot
Mancebo
Mancebo
avatar

Mensagens : 38
Data de inscrição : 04/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Qua Mar 29, 2017 7:32 pm

Presente!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulog9
Mancebo
Mancebo
avatar

Mensagens : 22
Data de inscrição : 05/03/2017
Idade : 23
Localização : Guararema

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Qua Mar 29, 2017 7:44 pm

presente!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicollielo

avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 28/03/2017

MensagemAssunto: Presença de Nicollielo no CID - dia 1   Qua Mar 29, 2017 11:14 pm

Nicollielo havia sido convidado para ajudar Abigayl na Capela da OMDP e aceita, ele considerava a vida militar honrosa e admirava principalmente os militares que mantinham conceitos aristotélicos, ajuda-los com sua fé seria uma ajuda interior a si mesmo.

Para entender melhor os militares, ele ingressa no curso inicial para dragão, com certeza ali iria ter uma noção de como é suas vidas. Ele se dirige até o castelo da ordem para iniciar seu curso, ao chegar escreve seu nome na lista da presença.

Durante a aula o professor ia explicando o treinamento dos dragões e cada vez Nicollielo sentia-se mais orgulhoso daqueles que defendiam Portugal, era um treinamento rigoroso, porem necessário, com certeza ali estariam bem preparado para tudo. Por mais que fosse necessário grande esforço físico, Nicollielo estava disposto a encarar o treinamento, queria ter essa experiencia, ao menos sabia que quando o assunto era natação ele se daria bem, pois era algo que ele gostava e praticava sempre que podia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Leonardodavinci
Cavaleiro
Cavaleiro
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 02/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Qui Mar 30, 2017 3:13 pm





ORDEM MILITAR DOS DRAGÕES DE PORTUGAL


ACADEMIA MILITAR

UNIDADE DE FORMAÇÃO

CURSO INICIAL PARA DRAGÃO (CID)






2ª aula dia 30 de Março de 1465


Candidatos:

Nicollielo
Abigayl
Vinicius.br
Heriot




Faltas na aula anterior:


Vinicius.br








A ARMA DO DRAGÃO

Nesta aula serão abordados os seguintes tópicos.
- A lança e sua representação para o Dragão.
- As Técnicas de combate básico com a lança: “Overarm” e “Underarm”





A Lança


A lança é uma arma de longa distância extremamente versátil. Ela é a arma padrão da infantaria há centenas e até milhares de anos. Por ser uma arma simples de se fazer e barata por usar poucas quantidade de ferro, sempre cumpriu papel determinantes nos conflitos, já que pode ser produzida em grandes quantidades para se munir um exército.

Esta arma vinha aos poucos sendo menosprezada, principalmente por ser barata e estar associada ao homem comum. O Dragão é um representante do Povo e não deve se envergonhar de usar esta arma, pelo contrário, ela deve ser um símbolo de sua verdadeira força.

A lança é uma arma excelente para defesa porque pode manter distância do adversário. Esta é a vantagem desta arma e deve ser explorada pelo Dragão ao máximo. Outra característica, é que ela é uma arma de uso grupal, ou seja, precisa se estar ombro-a-ombro com outros dragões para que ela seja efetiva ao máximo.
(ooc: A lança é representada IG pelo bastão. Adaptação necessária pela ausência dessa arma IG)



A Técnica

A lança é uma arma baseada em duas características: Seu alcance e a ponta de metal em forma de folha que é usada para estocadas.

Ao Dragão, é notável saber que um corte de 10 cm de comprimento, causa menos dano que uma perfuração de 10 cm de profundidade. Portanto, deve-se evitar cortar com a ponta da lança e explorar ao máximo o poder da estocada.

Overarm e underarm

Esta denominação se dá a forma como se segura a lança, com a palma para baixo (underarm) ou com a palma para cima (“overarm”, ou seja, como se fosse arremessá-la). Uma forma comum de se utilizar a lança é “overarm”, a posição de arremesso. No entanto, ao defender uma posição (como a Casa do Povo), ou qualquer situação que exija alcance, o mais efetivo é a posição “underarm”.

Vamos analisar algumas técnicas do manual “Gladiatoria”.



A direita, pode-se ver o cavaleiro usando a lança ”underarm” e aproveitando seu alcance. Repare na postura do cavaleiro e na forma como ele segura a lança. Usando a mão esquerda para sustentá-la e a direita para impulsionar as estocadas, ele alcança a máxima velocidade e alcance dessa arma.






Já a esquerda, o cavaleiro a usa “overarm”, o que permite a ele manter uma manobrabilidade da arma no caso do adversário estar próximo demais. A posição “underarm” é efetiva devido ao alcance, mas se o adversário está próximo, o ideal é a posição “overarm” para estocar e afastá-lo e então trocar para “underarm” novamente, onde há máxima vantagem.






Variação da posição “overarm” que visa acertar o rosto do adversário. Este movimento deve ser feito com cuidado, pois deixa parte do flanco exposto.






Outra variação semelhante, mas que também deve ser executada com cuidado, pois deixa os membros inferiores muito expostos.





No excerto a seguir retirado do raríssimo Codex Wallerstein, é possível observar a direita como o máximo de alcance da lança é obtido na linha da altura do ombro e deve ser sempre elevada o mais próximo possível desta linha. Os seres humanos tem um reflexo muito apurado para desviar o rosto de qualquer ameaça, quando a lança é apontada para o rosto do adversário, maior é a chance de ele recuar ou se assustar com as rápidas estocas.





(ooc: Esta é mais uma aula de temática RP. As imagens no corpo da aula são scans de manuais medievais reais, caso estranhem o traço dos artistas ^^)

Bem, esta aula acaba aqui, volte amanhã e lembre de treinar todos os movimentos aprendidos diariamente, para assim manter-se sempre em forma.




Qualquer dúvida fiquem à vontade para me questionar e não esqueçam de marcar sua presença abaixo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulog9
Mancebo
Mancebo
avatar

Mensagens : 22
Data de inscrição : 05/03/2017
Idade : 23
Localização : Guararema

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Qui Mar 30, 2017 5:20 pm

Paulog9 chega a sala e vê que seu nome não consta na lista, assiste a aula, e diz:
Presente! Não estou na lista da segunda aula scratch, mas entendi o conceito da lança.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Heriot
Mancebo
Mancebo
avatar

Mensagens : 38
Data de inscrição : 04/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Qui Mar 30, 2017 11:37 pm

Presente!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicollielo

avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 28/03/2017

MensagemAssunto: Presença de Nicollielo no CID - dia 2   Sex Mar 31, 2017 2:20 am

Nicollielo estava hospedado no castelo de Montemor-o-Velho pois ali mesmo estaria cursando para ingressar na OMDP e também lecionando seus conhecimentos aristotélicos na capela.

O primeiro dia de aula havia o deixado ansioso pelos demais, ao chegar na sala para o segundo dia, ele assina seu nome na lista de presença e aguarda o inicio da aula.

Desta vez a aula deixara Nicollielo um pouco preocupado, nunca tinha usado uma arma tão letal como uma lança, para ele seu bom bastão já era útil para manter aqueles maus intencionados fora de seu alcance e seria ainda mas agora com as técnicas que estava aprendendo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Abigayl
Capitão
Capitão
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 24/03/2017
Idade : 33
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Sex Mar 31, 2017 12:37 pm

Aby olha para Nico de lado e aclarando a voz diz: -Presente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Leonardodavinci
Cavaleiro
Cavaleiro
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 02/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Sex Mar 31, 2017 4:29 pm





ORDEM MILITAR DOS DRAGÕES DE PORTUGAL


ACADEMIA MILITAR

UNIDADE DE FORMAÇÃO

CURSO INICIAL PARA DRAGÃO (CID)






3ª aula dia 31 de Março de 1465


Candidatos:

Abigayl
Nicollielo
Heriot
Paulog9 (esqueci de colocar a última vez, mas cá está :p)
Vinicius.br




Faltas na aula anterior:


Vinicius.br







DISCIPLINA E ORGANIZAÇÂO
Nesta Aula, trataremos dos seguintes assuntos:
- A importância da disciplina e organização militar
- O brasão da Ordem e sua representação
- O Capítulo Geral, seus componentes e a hierarquia da ordem.











Existem centenas de batalhas onde a força moral, organização e a disciplina de um exército auxiliaram na conquista da vitória. Acerca deste assunto, Publius Flavius Vegetius trata em seu Epitoma Rei Militaris:

Citação :


A vitória na guerra não depende inteiramente dos números ou de mera bravura; apenas habilidade e disciplina devem ser sua garantia. Sabemos que os romanos devem a conquista do mundo não a qualquer outra coisa que não seja o treinamento militar contínuo, exata observação da disciplina no campo e diligente cultivo das outras artes da guerra. Sem isso, qual chance teriam os números romanos contra as multidões de bárbaros na conquista da Gália? Ou que sucesso teriam se seus pequenos números se opusessem a grande estatura dos germânicos? Os hispânicos nos superavam em números e força física. Sempre fomos inferiores aos africanos em riquezas, em estratagemas e intrigas. E os gregos, incontestavelmente, eram superiores a nós na arte e variados tipos de conhecimento.
Mas ao enfrentar todas as desvantagens, os Romanos opuseram um incomum cuidado na escolha de seus recrutas e no seu treinamento militar. […]  Um punhado de homens, forjados pela guerra, alcançavam a vitória, enquanto numerosos exércitos de tropas cruas e indisciplinadas eram nada além de multidões de homens arrastados para um abatedouro

Fica claro que a disciplina deve ser compreendida como a organização do exército, a hierarquia,  graduações e classes entre os oficiais devem ser bem definidas e claras a todos os membros da força militar, as rotas de mantimentos devem ser estabelecidas corretamente, e a provisão de material militar ao exército não deve falhar.

Logo a Disciplina Militar tem de ser Compreendida e aceite pelos Militares de qualquer Organização Militar.


Ainda mais acerca da disciplina e organização militar, a primeira mulher francesa a se dedicar totalmente as letras, Cristina de Pisano, grande filósofa e uma das principais cronistas de seu tempo, disserta acerca do assunto:

“Dois grandes males podem emergir de uma formação desorganizada: o primeiro é o inimigo facilmente quebrá-la; o outro é que a formação estará tão comprimida que não poderão lutar. Por conta disso, é importante manter as fileiras juntas e bem organizadas de forma que constituam uma parede sólida.”


Uma Ordem bem Organizada e disciplinada será uma Ordem mais forte.




Organização da ORDEM MILITAR DOS DRAGÕES DE PORTUGAL:



1- O Brasão da Ordem



Significado:
Citação :
O escudo Vermelho significa a nossa Ordem, o vermelho Heraldicamente representa: vitória, fortaleza e ousadia.
Os 5 escudos azuis significam Portugal com as suas cinco Quinas (como sabem a cor de Portugal antes da republica era azul)
O facto de os escudos pequenos estarem dentro do Grande significa que Portugal está sob nossa Proteção
Dentro dos escudos pequenos está um cálice que significa cada um dos elementos do Capitulo Geral, com o Mestre ao meio, em cima o Comendador-mor do lado direito e o Cavaleiro do lado esquerdo, em baixo o Prior do lado Direito e o Escrivão do lado Esquerdo do Escudo.
O Elmo significa a Nobreza das nossas intenções.
Finalmente os Dragões como Tenentes significam o Povo Português que sustenta a Nação.
Sob o Escudo um Listel com a seguinte Divisa em latim "De Gladiu tu vives et fatri tu servies" “da espada viverás e servirás a teu irmão”

O Brasão ou o Estandarte da Ordem (Estandarte é a versão para desfile) representam todos e cada um de nós. Merece por isso todo o nosso respeito e orgulho.



2- Capitulo Geral composto por 5 elementos:

Citação :

1- Mestre – Carlos.torre
2- Comendador-mor- Dunlop
3- Cavaleiro – Leonardodavinci
4- Prior – Não há um Prior até o momento
5- Escrivão- Verbus

3 Comendas (Comenda é um comandamento regional por Condado)

Citação :

a. Comenda de Lisboa –  Sob o comando de Proteu

b. Comenda de Coimbra- Sob o comando de Hgomes

c. Comenda do Porto – Sob o comando de Hiroshima

4- Destacamentos

Citação :

a. Vários Destacamentos (pelo menos um por cidade comandados por um Oficial/Sargento).
Quem Comanda um Destacamento é sempre um Oficial, mas em casos de necessidade e não existir nenhum Oficial um Sargento pode Comandar Interinamente o Destacamento

b. Os Destacamentos são subordinados ao Comandante da Comenda

5-Hierarquia:
Patentes e suas Insígnias



Mancebo –





Dragão -
 



Cabo –




Furriel -




Sargento -
 



Tenente -




Capitão –





Sargento-Mor –




Sub-Comendador:

Porto -

Coimbra -

Lisboa -




Comendador –


Porto -

Coimbra -

Lisboa -





Escrivão -





Prior -





Cavaleiro -






Comendador-Mor





Mestre











Por Hoje já chega, até amanha e não te esqueças de marcar a tua presença aqui (só assim sei quem esteve presente)

Se tiveres alguma duvida sobre o que já foi dado até aqui coloca-a para que sejas elucidado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulog9
Mancebo
Mancebo
avatar

Mensagens : 22
Data de inscrição : 05/03/2017
Idade : 23
Localização : Guararema

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Sex Mar 31, 2017 6:26 pm

Presente!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Abigayl
Capitão
Capitão
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 24/03/2017
Idade : 33
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Sex Mar 31, 2017 7:55 pm

Presente
Voltar ao Topo Ir em baixo
Heriot
Mancebo
Mancebo
avatar

Mensagens : 38
Data de inscrição : 04/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Sex Mar 31, 2017 10:31 pm

Presente!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicollielo

avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 28/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Sab Abr 01, 2017 3:37 pm

No terceiro dia de aula, Nicollielo chega um pouco mais tarde, a sala já estava preenchida, ele entra e assina seu nome na lista de presença e tentando não chamar atenção, segue até sua mesa mansamente e senta-se. Não demorou muita para aula começar, parecia que estavam esperando ele para dar inicio.

Como todas, esta era mais uma aula que animava Nicollielo, seria extremamente importante conhecer a hierarquia da ordem, ele estava ali principalmente para entender seu funcionamento, era um conhecimento necessário e por ele considerado interessante.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Leonardodavinci
Cavaleiro
Cavaleiro
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 02/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Sab Abr 01, 2017 3:43 pm





ORDEM MILITAR DOS DRAGÕES DE PORTUGAL


ACADEMIA MILITAR

UNIDADE DE FORMAÇÃO

CURSO INICIAL PARA DRAGÃO (CID)






4ª aula dia 01 de Abril de 1465


Candidatos:
Nicollielo
Paulog9
Abigayl
Heriot
Vinicius.br




Faltas na aula anterior:



Vinicius.br










2º PARTE - DISCIPLINA E ORGANIZAÇÂO

Vamos continuar com esta matéria e hoje vamos falar de:
1 - Uniformes
2 - Outras instituições Militares
3 - intercâmbio entre Instituições Militares
4 - Apresentação e Atualização de dados – Importância









Uniformes:

Antes de começar a falar de uniformes quero dizer que a nossa Ordem é a única que possui Uniforme. Não se assustem não é de uso Obrigatório, mas gostaríamos que cada um fosse comprando os seus componentes à medida que vos fosse possível

Uniforme militar é a vestimenta padronizada e regulamentada, usada pelos membros das forças armadas.

O uniforme é um dos principais símbolos que representam a profissão militar. Ele reflete o valor e a tradição, contribui para a elevação da autoestima, solidifica a hierarquia e a disciplina, potencializa a manifestação de força, e transmite, subjetivamente, um ideal de igualdade onde todos são nivelados, independentemente de origem ou condição.

Ou seja o uso do Uniforme cria um sentido de União e camaradagem entre todos, ninguém usa roupas mais bonitas, coloridas ou elegantes. Todos usam o mesmo, fazendo com que “Cada Homem seja o espelho da Ordem”

Classificação dos uniformes:

Basicamente os uniformes são classificados em quatro categorias;
1. Uniformes de gala - usados em grandes solenidades;
2. Uniformes solenes - usados em solenidades de menor importância;
3. Uniformes de serviço - usada em serviço, instrução e patrulhas;
4. Uniformes de Guerra - usados em caso de Guerra;
Neste momento na Ordem só estão em uso os Uniformes 3 e 4



Componentes dos uniformes em uso na OMDP:

Coberturas de cabeça (de uso obrigatório)
1. Chapéu - Preto
2. Elmo – Cinza (Uniforme de guerra)

Vestimenta superior (de uso obrigatório)
1. Camisa – Vermelha
2. Avental – Preto para os Oficiais Subalternos e Superiores, Dourado para o Capitulo

Geral
3. Capa – Vermelha para Oficiais Superiores e para o Capítulo Geral
4. Colarinho- preto para todas as patentes exceto para Praças (Dragões/Cabos) O Mestre usa Dourado

Vestimenta inferior (de uso obrigatório)
1. Calças/Saia – Azul (Senhoras é facultativo o uso de calça ou Saia)
2. Meias – Pretas

Calçado/Acessórios (de uso obrigatório)
1. Bota de cano alto – Pretas
2. Sapatos – Pretos (se usarem sapatos Obrigatoriamente tem de usar meias
3. Cinto – Preto

Abrigos e agasalhos (de uso facultativo)
1. Colete/Corpete – Colete para homem Corpete para Mulher – Vermelho
2. Manto – Azul para Praças, Verde para Sargentos, Vermelho para Oficiais Subalternos, Purpura para Oficiais Superiores, Prateado para o Capitulo Geral e Dourado para o Mestre

Armas (apenas em Patrulhas, Exercito e Guerra)
1. Bastão - para Praças e Sargentos
2. Espada – Para Todos a partir de Tenente (de uso obrigatório)
3. Escudo – Cor Preto/Cinza Para todos
4. Armadura – Cinza Para todos





Corporações Congéneres: (outras Instituições Militares)


Atualmente no Reino Existem 3 Instituições Militares


1 -OCT -Ordem dos Cavaleiros Templários A mais antiga das Instituições Militares do Reino . Apoia a Igreja Aristotélica

Divisa - "non nobis domine non nobis sed nomini tuo da gloriam" Significa "Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao teu nome dá glória"

2 - ERP - Exercito Real Português Apoia o Rei

Divisa - " Em Perigos e guerras esforçados"

3 - OMDP - Ordem Militar dos Dragões de Portugal - Apoia o POVO

Divisa - "De Gladiu tu vives et fatri tu servies" Significa "da espada viverás e servirás a teu irmão"





Cooperação entre Instituições

Claro que devemos cooperar mutuamente, é natural que alguns elementos das nossas congéneres possam entrar no nosso exército e nós nos deles.

Mas nunca entrem num exército de outra instituição sem falarem com o vosso Comandante directo, ele passará a informação a quem de direito e só entrem depois de terem a autorização para tal.

Nas cidades é muito comum a Instituição que tiver mais elementos organizar a escala de defesas da CP, claro que nós vamos sempre tentar ter uma escala nossa. No entanto, caso haja necessidade de adentrar a escala de outra instituição é exigido que seja feita a solicitação aos seus superiores.

Todas as Cooperações devem ser feitas a nível institucional de Ordem para Ordem
Equiparação das Patentes das 3 Instituições do Reino (equiparação possível)




Apresentação e Atualização de dados – Importância

Para que a organização seja efetiva, é necessário sempre manter um registro. Os dados devem ser sempre atualizados, com isso, é possível seguir o desenvolvimento e evolução de cada um, podendo assim obter reconhecimento pelos esforços.
Devemos seguir alguns passos no fórum para fazer esta Apresentação.





É o fim da aula por hoje. Não te esqueças de marcar a tua presença aqui:

Se tiveres alguma dúvida sobre o que já foi dado até hoje coloca-a para que sejas elucidado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Heriot
Mancebo
Mancebo
avatar

Mensagens : 38
Data de inscrição : 04/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Sab Abr 01, 2017 8:56 pm

Presente!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulog9
Mancebo
Mancebo
avatar

Mensagens : 22
Data de inscrição : 05/03/2017
Idade : 23
Localização : Guararema

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Sab Abr 01, 2017 10:42 pm

Presente!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicollielo

avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 28/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Dom Abr 02, 2017 3:57 pm

No quarto dia de aula Nicollielo tenta chegar o mais cedo possível e assina seu nome na lista de presença, desta vez aula trazia mais algumas informações importantes, seria útil conhecer os uniformes dos dragões, quem sabe com seus pouco conhecimentos de tecelaria, ele não pudesse fazer algumas peças e vender por ali.

Eu vou continuar com minha batina - Pensa Nicollielo quando acaba a matéria sobre Uniformes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Leonardodavinci
Cavaleiro
Cavaleiro
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 02/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Dom Abr 02, 2017 4:30 pm





ORDEM MILITAR DOS DRAGÕES DE PORTUGAL


ACADEMIA MILITAR

UNIDADE DE FORMAÇÃO

CURSO INICIAL PARA DRAGÃO (CID)






5ª aula dia 02 de Abril de 1465


Candidatos:

Paulog9
Nicollielo
Abigayl
Vinicius.br
Heriot




Faltas na aula anterior:


Abigayl;
Vinicius.br





DEFESA DA CASA DO POVO


Os assuntos que serão tratados hoje:
- Importância de defender a Casa do Povo
- Como efetuar a Defesa.















TODO E QUALQUER MILITAR DA O.M.D.P. DEVE DEFENDER PELO MENOS 1 DIA NA SEMANA

Em tempos de paz, a maior preocupação da Ordem é na porteção das Casas do Povo. Este edíficio é a representação administrativa do controle do burgo, por conta disso, quando tomada, o criminoso obtém acesso também ao controle do burgo e de seus recursos. Isto não deve ser jamais tolerado. Defender a Casa do Povo, é defender que a legitimidade do governo permaneça, resguardando o dinheiro e liberdade do Povo.
Diariamente o Militar da OMDP deve quando acorda inteirar-se se está tudo bem na Casa do Povo, depois então pode comer, trabalhar, ir ao castelo da Ordem etc., mas é essencial saber o que se passa na CP. Imaginem vocês que vão trabalhar antes de saber as novidades, a vossa contribuição pode ser necessária mas vocês já não podem contribuir.

Se houver algo de errado o vosso dever é entrar em contacto com os vossos superiores para saber como deve agir. A necessidade de manter esta disciplina e não agir tentando retomar uma CP por conta própria, se dá ao fato de que por vezes, o próprio Conselho pode ter aprovado a retomada e nestes casos, ao tentar revoltar-se, o militar incorrerá em crime.

Vejamos o que dizia o Falecido Cavaleiro Phellippe na sua "Aula 1 - Defesas da Casa do Povo"    
                   
**********************************************************************************************************

Phellippe escreveu:
Citação :
                        DEFESAS DA CASA DO POVO

Uma das prioridades de todo militar é defender a Casa do Povo, garantindo sempre a integridade da povoação bem como valorizando seu processo democrático, pois com o todos sabem, o prefeito é eleito pela vontade do povo e essa vontade que devemos defender.

Muitos bandidos desejam apropriar-se dos bens da cidade e muitas vezes o estrago é tamanho que deixam a povoação em saldo negativo, algo que devemos buscar impedir. Em outros momentos a vontade do povo é colocada em xeque por interesses particulares de alguns e assim acabam por promover revoltas não autorizadas.

*Como defender a CP?

Existem duas formas de fazê-lo, uma impede o ataque de pessoas mal intencionadas e a outra é a título de retirar algum bandido de dentro da Casa do Povo.

1 - Para defender a CP deve-se  seguir os seguintes passos

FORA DA POVOAÇÃO  ->  MEU GRUPO  -> DEFENDER O PODER

( Fazê-lo quando solicitado ou pelo prefeito ou pela ordem, quando há alerta de perigo ou cumprindo o seu respectivo dia na escala de defesas da povoação)

2 –  Revolta autorizada

POVOAÇÃO  ->  CASA DO POVO  ->  DESOBEDIÊNCIA  -> REVOLTAR-TE

(A revolta é um ato autorizado pelo Conselho do Condado e pela Ordem do Mondego e só é feita quando a vontade do povo é desrespeitada)

Ambas as formas de defesa da casa do povo exigirá de cada defensor um dia de seu trabalho, caso não possa defender deverá comunicar ao superior daquela cidade com antecedência, para que seja possível a mutação de defensores.




**********************************************************************************************************
O Registro da Defesa

Aqui está o caminho a seguir para registrar suas defesas. É essencial que haja registro das missões todos os dias, para assim haver melhor monitoramento das cidades, assim como para que vocês possam receber a contabilização correta de sua contribuição.

1º Passo




2º Passo



3º Passo
http://imgur.com/HSAA9Re[/img]


4º Passo



































As Aulas Teóricas terminam hoje. Todos que chegaram aqui estão de parabéns pelo interesse e pela disposição mostrada para com a Ordem.



Vamos fazer um teste escrito em breve. Os candidatos serão contatados por carta

Aproveitem o tempo para estudar e enviar dúvidas. Não esqueça de marcar sua presença hoje.






Boa Sorte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulog9
Mancebo
Mancebo
avatar

Mensagens : 22
Data de inscrição : 05/03/2017
Idade : 23
Localização : Guararema

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Dom Abr 02, 2017 9:53 pm

Presente!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Heriot
Mancebo
Mancebo
avatar

Mensagens : 38
Data de inscrição : 04/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Dom Abr 02, 2017 11:12 pm

Presente!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicollielo

avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 28/03/2017

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Ter Abr 04, 2017 12:54 pm

- Presente!

(Extremamente atrasado em sem tempo ;/)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Abigayl
Capitão
Capitão
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 24/03/2017
Idade : 33
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: 11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)   Sex Abr 07, 2017 9:44 pm

Presente. Atrasadissima.

Peço desculpa mas viajei em trabalho e as coisas ficam complicadas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
11º Curso Inicial Para Dragões (11º CID)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Dragão Azul-Claro
» A Noite Sem Fim - Serenata para a Eternidade (Crônica Oficial)
» HOJE - Leilão de ingresso para o Rock in Rio
» Home Theater + Conjunto para Churrasco + Pen Drive 8GB
» Com conseguir dinheiro de graça para sua conta paypal

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Salas de Aula :: CID-
Ir para: